2016

Saudades di te, Firenze

Ah Firenze,
Depois de um ano da minha volta você finalmente fez algum efeito em mim.
Não sei como vai ser quando a gente se reencontrar. Eu costumava dizer que seria por pouquíssimo tempo, mas agora quem sabe? Talvez seja necessário mais do que uns dias para reencontrar sensações.
Aconteceu que esses dias vi umas fotos suas, como quase sempre acontece. Mas dessa vez foi diferente. Uma saudade arrebatadora me invadiu. Senti o ar frio do inverno queimar minhas bochechas e o sol fervente do verão fiorentino queimar meus ombros ao mesmo tempo. Sob os pés senti o chão irregular das ruas e um italiano (agora um tanto enferrujado) quis escapar da minha boca e pedir alcune fragole no Mercato Centrale. Foi uma saudade tão louca, o coração apertou tão forte que eu me vi subindo para a Piazza della Signoria ao final da tarde com um panino do All’Antico Vinaio na mão.
Nunca, nunca, nunca pensei na possibilidade de chorar por você, mas ultimamente umas lágrimas insistentes tem tido vontade de aparecer. Não sei explicar. O corpo pesa, os olhos se fecham e todos os sentimentos que já tive enquanto estava com você surgem e tentam se organizar sem sucesso, resultando num suspiro pesado.
Odiava não conseguir enxergar o horizonte estando na rua. Hoje rio quando vejo uma janela verde.
Você estragou todo e qualquer tipo de sorvete para mim. Dispenso sem arrependimentos, porque nada se compara a combinação de nocciola, lampone e Nutella.
É incômodo pensar que talvez eu não tenha te conhecido como deveria, mas você sabe que eu tentei. Acontece que não nos demos muito bem, aquele climão insistia em permanecer e meio que perdemos a vontade de nos conhecer melhor. Nunca me acostumei com o seu jeito. Tinha escrito que acostumei, mas é mentira.
Admito que fui intolerante várias vezes, mas você foi cruel tantas outras. Mas precisava te dizer que eu reconheço seu esforço em me encantar. A bistecca, a schiacciata, le parole definitivamente conseguiram me conquistar.
Não tinha lá muita certeza do que você havia tentado me ensinar, mas agora eu sei. Alguma parte de mim sabe. Noi sappiamo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s