2015

Finalizando Abril!

Olá! :D
Meu vôo de volta entre Nürnberg e Munique atrasou, então quando o avião pousou eu saí correndo feito uma louca pra encontrar o meu portão de embarque. Até chamaram meu nome no auto falante do aeroporto, me senti importante.
Cheguei em FLR no começo da tarde e tudo que eu fiz foi: nada. Todo aquele desânimo tinha voltado. Enquanto eu estava na Alemanha tinha feito vários planos do que eu queria fazer quando voltasse pra FLR, mas no minuto que pisei aqui… As vontades sumiram. Eu até desisti de última hora de ir até Bologna comer lasanha, pra vocês entenderem a gravidade da situação.
Acho que os únicos pontos altos da semana que eu voltei foram: Eu fui comer uma bistecca lá no Acquacotta com a Sun, Paola e Anghella (sim, outra Angie, mas essa é colombiana), e um outro dia em que eu levei o homi para passear pela cidade através do Skype, passei na Gelateria dei Neri e peguei três sabores de gelato: caramelo com manteiga salgada, rosas e tangerina. Sentei na mureta na beira do Arno enquanto comia e conversava com ele.
Não sei se já comentei sobre a Gelateria dei Neri, mas é, se não a melhor, uma das melhores Gelaterias de Florença. A cremosidade e a qualidade dos gelatos é uma coisa absurda de incrível. É viciante!

Durante a nova semana que se iniciava, Paris foi assunto em uma aula. Por curiosidade, fui verificar o preço das passagens, e achei uma promoção

11356194_833982250019383_1797250237_n
Bilhete fofo que achei durante o passeio no jardim. Alguém fez uma surpresa muito bem feita! :)

terrível: 40 euros IDA E VOLTA. Vocês tem noção que é mais barato do que ir e voltar de Veneza? Fiquei observando aquele preço e não sabendo lidar com tamanha tentação. Na manhã seguinte, perguntei pra Sun o que ela achava de passar 5 dias em Paris, comentei sobre o preço das passagens e disse que poderíamos encontrar algum hostel bacana e dividir. Assim que voltei da escola, compramos as passagens!

Tive duas experiências ruins relacionadas à comida nessa semana.
Dia 17 era aniversário de uma professora nossa, depois da aula, nos reunimos para almoçar com ela numa trattoria perto da estação. Minha amiga escolheu o lugar e disse que era ótimo, etc. Chegamos lá, o ambiente era super bacana, mas eu achei o preço um pouquinho acima da média. Mas como a menina tinha feito vários elogios, imaginei que valeria a pena.
Se tem uma coisa que me tira do sério é comer mal. Ainda mais na Itália, porque porcaria eu gastaria dinheiro comendo comida ruim, certo? Certo. Pedi um coelho. Veio só osso e o pouco de carne que tinha estava muito seca. Tinha um pedaço de carne coberto por molho, quando coloquei o pedaço na boca, com toda aquela vontade, percebi que a textura era um pouco estranha, o gosto não era o mesmo e… Fígado. Gente, você não serve fígado sem avisar o cliente. Fiquei puta, lugar pega turista. Ninguém curtiu a comida mas o pior é que a menina até hoje ainda sugere que a gente volte lá.
Alguns dias depois me disseram que estava rolando tipo uma feirinha gastronômica na praça Santa Maria Novella. Fui lá conferir e tinha uma barraca brasileira, que vendia panini com churrasco e Guaraná! Fiquei empolgada, fui lá comprar e aqui está outra coisa que me tira do sério: Ser mal atendida. Nossa senhora, que vergonha que eu fiquei por aqueles dois seres humanos representarem uma barraca brasileira. Que vergonha. O panino não era ruim, mas foi muito caro por ser tão simples e pelo péssimo atendimento. Falei pro pessoal da escola não perder tempo indo lá.

Mas falemos de coisa boa: Na mesma feirinha eu comprei arancini, um bolinho de arroz frito e recheado com carne moída ou presunto e queijo, uma delícia! Também comprei cannoli e na primeira mordida o meu mundo parou. A ricota daqui faz TODA a diferença na preparação do creme!
Essa feirinha duraria só até o final da semana, então todo dia no caminho de casa eu passava lá para comprar um de cada.


No mesmo dia que fui na feirinha pela primeira vez, teve a despedida da Paola, que voltaria para o México porque o seu visto de turista estava quase vencido.
Eu me encontrei com ela, Mônica e Valentina numa trattoria que se chama Il Gatto e la Volpe. Eu já tinha ido lá uma vez, mas não tinha achado nada demais. O lado positivo é que o preço era ótimo.
Dessa vez eu me surpreendi. Pedi um ravioli verde (recheado com espinafre e ricota) ao creme de nozes, gente… Muito bom (sem fazer cara feia gente, isso é preconceito com o creme de nozes)! Foi uma das melhores refeições que fiz por aqui até agora.
A noite foi super gostosa, jogamos muita conversa fora e depois do jantar tomamos um gelato na Gelateria dei Neri. Na volta passamos pela Piazza Della Signoria. Acho essa piazza linda durante a noite, e naquele dia o clima estava ótimo e tinha um cara tocando violão por ali, o que só deixou o clima mais gostoso. Me despedi das meninas, abracei mil vezes a Pao e vim para casa.

Um dia depois uma professora levou alguns dos alunos ao Giardino dell’Orticoltora. O lugar era muito bonito, mas infelizmente o tempo estava horrível, uma hora começou a chover horrores e tivemos que ficar debaixo de uma tenda por uns bons minutos.


Dia 25 de Abril era feriado por aqui, comemoração do final da guerra. Fiquei sabendo que no fim da tarde teria uma orquestra se apresentado na Piazza della Signoria, então depois de fazer uma faxina (que detalhe importante) eu e a Sun fomos assistir.
Quando chegamos ainda não tinha começado, decidimos então descer e comprar um gelato. Naquele dia eu escolhi de morango, Nutella e avelã, uma das melhores combinações que já fiz.
Enquanto subíamos de volta para praça, passei por algo que nunca tinha passado em todas as minhas 21 primaveras: uma pomba fez cocô na minha cabeça :) Acho que nunca vi a Sun rindo tanto! Mas ela foi boazinha e me ajudou a limpar. Primeiro com papel, o que não foi nada bonito, depois descemos a rua de novo e paramos numa fonte, onde eu fiquei com a cabeça apoiada enquanto ela lavava a mexa de cabelo que a pombinha tinha resolvido abençoar. Cena linda. Sorte que aquele dia eu tava de muito bom humor. Acho que não liguei porque a minha vó sempre dizia que isso costuma trazer sorte (?).
Assistimos a orquestra por algum tempo e decidimos ir até a Via Faenza comer uma pizza.

As ruas da cidade enfeitadas com bandeiras
As ruas da cidade enfeitadas para o feriado

O resto do mês se passou sem mais acontecimentos, fora o primeiro show do Ed Sheeran no Brasil, o qual eu não estava presente, porque estou em FLR, não é mesmo? Ainda não consegui superar isso, mas… Enfim, abiguinhos, esse foi o meu mês de Abril-pós-Alemanha-sdds. Estou feliz que terminei de escrever sobre maaaais um mês, e estou feliz que eu tenho bastante ânimo pra escrever! Era tudo uma questão de dar o primeiro passo, não é mesmo? É. Olha só como estou positiva hoje e querendo deixar mensagens reflexivas para todo mundo.

Ansiosa para escrever sobre Maio! Maio foi um mês legal… Agora chega de enrolar, vou embora. Preciso arranjar um jeito de finalizar os textos de uma forma bacana e educada.

Baci, baci! ;*

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s